segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Absurda é a criação de certos homens.


Esta manhã ao abri o meu orkut havia um recado de um grande amigo que solicitara a minha passagem em seu blog.
De imediato atendi ao seu pedido, pois pareceu-me muito euforico para que eu o fizesse.
Não imaginaria nunca que me encontraria megulhado naquela cena que a mim foi tão constrangedora. Ele havia feito uma crítica muito pertinente ao Sr. Max Mitchell cujo o principal ideal é fazer uma bíblia Gay. Deplorável imaginação. Isto, causou-me forte inquietação. Sabemos que o respeito ao ser humano é um direito, assegurado por lei, e que deve ser cumprido. Mas como aceitar tal perspectiva quando um grupo social, os cristão, são ofendidos, pois o seu livro de orientação, a bíblia, esta sendo deturpada e feita numa linguagem ficctícia e para nós evangélicos inaceitável?
Mas, o pior ainda estava por vir. A atuação da playboy mexicana foi ainda mais ousada, afetou evangélicos e católicos, seu novo albúm tras uma bela atriz interpretando a figura de Maria. Porém, como sabemos disso? Pela seguinte frase da capa da revista que diz: "Te adoramos, Maria". Não é preciso folhear a revista ou ser um teológo para entender a mensagem da capa. O cenário criado na capa já o denuncia. Lamentável!!!
Entretanto, o que me chama atenção é saber que cruzamos os braços a essa situação e por nos considerarmos um povo pacífico deixamos essas absurdas atitudes proliferarem-se no mundo.
Vale resaltar que todo ser humano tem o direito de expressão, mas que esta não venha a ferir a moral, a ideologia ou a vida de um determinando grupo. Pois, expressão é totalmente diferente de agressão.
Quero somente alertar que tudo isto já estava previsto. Como o próprio Senhor Jesus mencionou em sua palavra: " No mundo teréis aflições". joão 16.33
É , mas não nos custa levantarmos a bandeira da salvação e do respeito e gritarmos aos nossos governantes que tomem atitudes mais cabivéis, por que o respeito ao multiculturalismo é um direito humano e não cumpri-lo é um crime.
Finalizo expressando que tenho muitos amigos homossexuais, na verdade respeito suas vontades e aceito que eles decidam o que querem fazer com suas vidas (livre arbítrio), porém não aceito a a titude deles e pricipalmente a idéia de criar um bíblia gay ou laçarem revistas masculinas com personagens biblicos. Isto é inadimissível!
O povo de Deus precisa abri os olhos e reivindicar por seus direitos. Não usemos da violência para tal, mas que estejamos atentos para aquilo que feri a nossa moral e postura.
Ser cristão não é estar de braças cruzados, mas ir em busca de uma vida melhor. E isto, inclue mostrar as pessoas que elas não podem derespitar a palavra de Deus e viverem de qualquer forma ou simplismente modificar a vontade de Deus para o seu bel parzer.

2 comentários:

Juarlyson Jhones disse...

Concordo plenamente...

Ah e obrigado pela postagem de referência ao meu blog, só que vc esuqeceu de colocar a fonte!!

pensofalo.blogspot.com

Amigos são eternos disse...

Foi Juarlysson
Desculpa
Mas ainda bem que vc lembrou e comentaou